Capa Texto O Que é ECF

O que é ECF e como funciona esse equipamento?

 by Kennedy da Silva, Gerente Técnico da S&I Automação e Refrigeração.

 

Você sabe o que é ECF? E como funciona esse equipamento? Ao longo desse artigo vamos explicar todos os detalhes e apresentar importantes informações que vão ajudar no dia a dia da emissão de cupons fiscais do seu negócio.

Então, vamos partir do básico e entender o que é ECF.

Afinal, o que é ECF?

O Emissor de Cupom Fiscal (ECF) é a impressora fiscal responsável por emitir os documentos fiscais originados de transações comerciais, seja de mercadorias ou serviços. Para realizar a impressão, esse equipamento deve estar integrado ao sistema que realiza a transmissão e a coleta dos dados, o Programa Aplicativo Fiscal (PAF).

Como funciona o ECF?

O ECF não necessita de nenhuma conexão com a internet para que seja realizado o armazenamento dos dados obtidos em uma transação comercial. A transmissão dos dados para a SEFAZ é realizada pelo programa (PAF) ou por meio de uma conexão com o software de gestão presente na empresa, que fornece o Sintegra/Sped.

Agora que já sabemos o que é ECF e como funciona, vamos entender um pouco mais sobre os tipos de equipamentos e sobre o modo como funciona.

Tipos de ECF:

Hoje em dia há dois tipos de ECF, que apesar de apresentarem a mesma funcionalidade (os dois são emissores de cupons fiscais), possuem características particulares e são usados em diferentes situações.

1. ECF-IF

O Emissor de Cupom Fiscal – Impressora Fiscal (IF), é o tipo de ECF mais comum e mais usado por varejistas. Como falamos no tópico anterior, para que a impressão dos documentos fiscais seja realizado deve ser integrado a um computador que tenha instalado o Programa Aplicativo Fiscal.

2. ECF-MR

Por outro lado o Emissor de Cupom Fiscal – Máquina Registradora (MR), não precisa de uma conexão com um computador para o funcionamento. Normalmente esse equipamento é utilizado em estabelecimentos em que os controles não são tão complexos, é o caso de lanchonetes, por exemplo.

É importante ressaltar que esse equipamento tem uso exclusivo no ponto de venda, e embora não tenha a necessidade de estar conectado a um computador ele conta com um processamento interno, para realizar as emissões fiscais.

Além disso, os estabelecimentos que escolhem esse tipo de aparelho, devem contar com um computador no escritório ou em outro local da loja para a geração das obrigações acessórias e do arquivo obrigatório (ato 1704).

Importância do ECF:

Para as empresas, o ECF tem um papel de extrema importância na hora de comprovar as transações comerciais. Como esse equipamento é responsável por registrar as vendas e prestações de serviços, ele é fundamental para a prestação de contas junto a órgãos fiscalizadores, como a SEFAZ.

Portanto esse equipamento emite documentos fiscais como: Redução Z e Leitura X. Além de fornecer dados para o controle da empresa, como relatórios gerenciais, ajudando na hora de controlar os impostos e a movimentação financeira do negócio.

Falando em impostos, o ECF é um importante instrumento para evitar a sonegação de impostos sem o conhecimento do varejista, pois ele faz com que todas as vendas aconteçam de acordo com as regulamentações da SEFAZ, reduzindo a possibilidade de autuações e multas para as empresas.

Entre as vantagens da impressora fiscal, destaca-se o controle realizado pelo próprio equipamento, a certeza sobre a transmissão dos dados e, principalmente, a segurança de emitir cupons fiscais de acordo com as leis.

Diferença entre a impressora fiscal (ECF) e uma impressora não fiscal

Algumas particularidades são exclusivas do ECF e servem para diferenciar esse equipamento de uma impressora não fiscal. Esses componentes são obrigatórios e servem para realizar a conexão com a SEFAZ e salvar o histórico de documentos fiscais da impressora fiscal.

A memória de fita detalhe e a memória fiscal são componentes importantes para o funcionamento, regulamentação e segurança do ECF.

A memória de fita detalhe (MFD) é responsável por armazenar o histórico de cupons das vendas da empresa, o acesso a esses dados deve ficar protegido por um lacre, para garantir a segurança. Já a memória fiscal (MF) é usada para arquivar o total de vendas diárias do negócio.

Por que é importante saber o que é ECF?

No dia a dia da operação fiscal de uma empresa do varejo é comum que aconteçam algumas mudanças nas formas como são transmitidos os dados para o Fisco, ter conhecimento sobre a forma como é emitido o cupom fiscal em sua loja é fundamental para evitar problemas durante uma fiscalização.

O ECF é uma das 3 soluções fiscais que existem hoje em dia, a impressora fiscal, como é conhecido, ainda tem seu funcionamento regulamentado e muitos estabelecimentos hoje em dia contam com sua tecnologia. Portanto saber o que é ECF é essencial para realizar o processo de emissão de notas de forma correta.

 

Fonte: Infovarejo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *